Revista Negócio Fitness


Empreendendo a cada passo

Em um encontro oportuno há 10 anos no carnaval em Minas Gerais, dois fisioterapeutas se conheceram. Um ganhava a vida como professor de Pilates no bairro da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O outro era vendedor de peixes em Belo Horizonte [MG].

Conheça Michel Salgado e Sérgio Machado, dois amigos que decidiram empreender no ramo de Pilates de uma maneira criativa. O primeiro ponto foi a qualidade dos equipamentos, pois para eles, os disponíveis no mercado eram inferiores. Sérgio conhecia um marceneiro em Minas, que já havia feito um armário para sua tia, então decidiu propor a fabricação dos equipamentos; enquanto isso, Michel, no Rio, procurava um bom fornecedor de aço inox para incorporar às novas máquinas.

O capital da empresa veio de uma poupança de Michel e da venda do velho Chevette de Sérgio. Resolvida a fabricação dos aparelhos, começaram a procurar a sala, mas o dinheiro para o aluguel tinha acabado. “O jeito foi recorrer à família”, relembra Michel. Ele convenceu os pais e familiares, de que seria um bom negócio e que deveriam seder o apartamento da avó para o empreendimento. “O próximo passo foi convencer minhas tias maternas a assinarem o documento, porque o apartamento era de todas elas. Pronto, conseguimos um fiador!”, brinca Michel. Após obterem fiador, sala, aparelhos novos, só faltavam os alunos. Mas isso Michel conseguiu trazer das outras academias, onde dava aula. Até aquele momento, tudo em que pensaram para empreender, deu certo. Isso até a chegada dos aparelhos de Pilates. “As máquinas estavam feias e com poeira colada no verniz… Outra vez recorremos a minha família”, lembra Michel. Os utensílios de academia eles conseguiram graças à turma da faculdade. Os dois “caras de pau” organizaram um “Chá de estúdio novo” e ganharam de bebedouro, à cadeiras, mesa, lixeiras, cafeteira, copos… Tudo! Em menos de seis meses eles resolveram dar um boom nessa história. Pensaram que era hora de parar de ser a “academia do Michel e do Sérgio” para se tornarem a Metacorpus Studio Pilates.

Desde então começaram a vender mais e mais aparelhos de Pilates, que, segundo Michel são conhecidos pelo mercado como os melhores. Alugaram um galpão em Ramos e colocaram a família inteira pra trabalhar e ajudar, desde a atender aos primeiros clientes a fazer a limpeza e manutenção do estúdio. A dupla começou a expandir os estúdios, assim como as consultorias para novos negócios.

Atualmente, a Metacorpus está presente em 20 Estados, é dona de 17 estúdios próprios e cerca de 600 credenciados. Para cada estúdio que abrem em um Estado, uma pessoa da família se muda pra lá para coordenar. As fábricas são três, todas em Ramos, a mais nova tem 100 mil m². Por mês, eles fabricam em média 100 aparelhos, todos com madeira de reflorestamento e aço inox. Outro foco são os cursos de formação de instrutores para estudantes de Fisioterapia e Educação Física, já são mais de 5.000 alunos formados.

»
«

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *