Revista Empresário – Fitness & Health


Metacorpus Promove Curso de Especialização em Pilates

PILATES

ENTENDENDO MELHOR O METODO PILATES
Algumas definições e conceitos devem ser levados em conta aos explicarmos um pouco mais sobre o Método Pilates. Na ultima década, o Pilates ganhou destaque na mídia com depoimentos de famoso relatando os resultados surpreendentes do método. A notoriedade mudou a forma de fazer exercícios e criou uma nova carreira no mercado: o “Instrutor de Pilates”.

 

O exercício e fundamentado em seis princípios básicos: concentração, controle, centro, movimento fluido, precisão e respiração. A partir deles, os movimentos são realizados de maneira precisa, onde as compensações do corpo (reações naturais ocasionais por encurtamentos musculares) são corrigidos a todo momento pelo instrutor de pilates. O instrutor tem a tarefa de fazer com que os seis princípios do método sejam, aplicados simultaneamente pelo aluno, sendo a respiração responsável pelo ritmo de cada movimento.
Modalidades do Método
O pilates pode ser realizado no solo ou em aparelhos. Cada modalidade tem características própias e indicações diferentes. No Pilates solo, o aluno realiza os exercícios em um tatame ou colchonete com o auxilio de alguns acessórios, como bolas, rolos etc. Nos exercícios de solo, o aluno precisa ter consciência corporal, pois os seus movimentos estarão completamente livres e dependendo exclusivamente da sua capacidade em realizar os movimentos “limpos” e sempre sob a supervisão do instrutor. Lembro que esta modalidade e aplicada normalmente aos alunos mais avançados, pois a simples tarefa de se sentar corretamente no solo pode ser uma tarefa bem difícil.

A modalidade do pilates nos aparelhos e diferente do que conhecemos sobre os exercícios físicos. As molas, que tanto pode ser vistas como ferramenta de resistência progressiva ou como instrumentos de auxilio ao exercício, possibilitam as pessoas com um condicionamento físico razoável realizar movimentos jamais imaginados por elas. Por isso, o Pilates não e so um método de condicionamento, e também uma ferramenta de reabilitação de diversas patologias. Daí a importância do fisioterapeuta no método.

Hoje, existem no mercado vários cursos de formação. Alguns são direcionados exclusivamente para Educadores Físicos ou Fisioterapeutas e outros para os dois profissionais. Cada um delas tem objetivos, ganhos e ensinamentos específicos. Bale lembrar que, tão importante quanto saber o que fazer, e saber o que não pode ser feito. Considero que visão atual sobre o aparelho locomotor (cadeias musculares) e de extrema importância para se trabalhar com as pessoas.
Estúdio de Pilates
O estúdio e formado basicamente por quatro aparelhos: Reformer, Trapézio ou Cadillac, Unidade de Parede e Cadeira. Todos os equipamentos são dotados de molas e podem ser instalados em uma área de 30m2. O local de instalação – academias ou salas comerciais – deve ter, preferencialmente, um piso quente. A remuneração por metro quadrado, comparando com outras atividades, e satisfatória e muda dependendo da região.
Certificação
Não existe regulamentação sobre o Método Pilates. Entende-se que e uma ferramenta de condicionamento físico (Educador Físico), bem como uma forte aliada na medicina preventiva (Fisioterapeuta).

»
«

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *