Blue Chip – Valor Econômico


Gestão de perfil alongado

Para Joseph Pilates, criador do método Pilates, flexibilidade e força garantem longevidade. O ensinamento parece servir também para o modelo de negócios adotado pela Metacorpus, empresa carioca que cercou o Pilates em todas as suas aplicações. A Metacorpus tem uma rede com 10 estúdios da modalidade, uma fábrica onde constrói os aparelhos e ainda promove treinamento por meio de um método próprio. Primeiro nasceu o estúdio há seis anos. O alto preço dos equipamentos, que até então eram importados, fez com que os sócios resolvessem fabricar as próprias mesas. Isso chamou a atenção de outras academias que passaram a encomendar os aparelhos. Nascia, assim, a fábrica Metacorpus. “Pela primeira vez foram feitos aparelhos de aço inoxidável, o que chamou muito a atenção do mercado. Só existiam mesas feitas de ferro ou alumínio, sem durabilidade”, afirma Gustavo Machado, sócio-diretor. Hoje a fábrica está migrando para uma área duas vezes maior, em Ramos (RJ), onde são feitas, em média, 100 aparelhos por mês. Com a experiência em trabalhar o aço inoxidável, a empresa está aceitando também encomendas para fazer outros tipos de móveis. E, na próxima semana, lança uma linha ecológica com os aparelhos e acessórios feitos em madeira de reflorestamento.

Gestão I

A Metacorpus tem dez estúdios em sete estados diferentes do país. Para expandir ainda mais, eles criaram um método de treinamento para profissionais. Já formaram 2300 pessoas. A marca também está em 83 estúdios credenciados, que não são obrigados a se “graduar” pela Metacorpus. “Os credenciados compram os aparelhos da Metacorpus e garantem visibilidade do meu produto. Em contrapartida, eu dou espaço para o estabelecimento no meu site.”

Gestão II

Os sócios fundadores da Metacorpus são Sérgio Machado e Michel Salgado, fisioterapeutas e especialistas em Pilates. Depois entraram para a sociedade Gustavo, irmão de Sérgio, e Luis Salgado, pai de Michel. Gustavo acredita no crescimento da prática do Pilates, que tem hoje 250 mil praticantes no país. “Um investimento de médio porte em equipamento e acessório exige R$ 18 mil”. Mesmo assim já está “flexibilizando” ainda mais a atuação. Os estúdios próprios em Niterói e Botafogo oferecem tratamento estético, ioga, RPG, acupuntura.

»
«

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>