Jornal da Tarde


Jornal da Tarde

Sexo turbinado

Prática de pilates pode aumentar o prazer na cama
Um manifesto que anda circulando na internet tenta instituir o dia 6/9, amanhã, como Dia do Sexo. Que tal começar a comemorar a data desde já? Para isso, aposte no pilates.

Os exercícios melhoram a flexibilidade, a postura, a respiração, a coordenação e fortalecem os diferentes grupos musculares, como os adutores (parte interna da coxa) e o períneo, os mesmos usados nas posições sexuais, como explica Rodrigo Nascimento, coordenador técnico da Metacorpus Studio Pilates:

— Há melhora da mobilidade pélvica (bacia) e do quadril, além de trazer benefícios para o alongamento muscular. Já tive pacientes que relatavam dor lombar durante o ato sexual e que melhoraram com o fortalecimento abdominal e o alongamento dos músculos da coluna — conta.

Além disso, Rodrigo garante que os exercícios também ajudam a liberar serotonina, hormônio associado ao humor e ao prazer, diminuindo o estresse, uma das principais causas do sexo ruim. A serotonina é responsável pela sensação de relaxamento, e deixa a pessoa mais sensível aos estímulos sexuais.

— Outro ponto positivo é a manutenção da isometria (contração sem movimento) por tempo prolongado, o que ajuda a musculatura a se manter numa postura por um tempo mais prolongado, retardando assim a fadiga muscular de algumas posições sexuais — completa Rodrigo.

A fisioterapeuta Fernanda Barboza trabalha há seis anos como instrutora de pilates. Ela explica que, como os exercícios trabalham com a contração dessa musculatura pélvica, os benefícios para a vida sexual são inevitáveis.

— Trabalhando fortalecimento e flexibilidade, não tem como não sentir uma melhora na vida sexual. Um amigo meu que também é instrutor de pilates disse que uma aluna virou para ele e disse que o namorado estava adorando os resultados.

»
«

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *