Efeito do Método Pilates sobre a flexibilidade e qualidade de vida de estudantes de odontologia


3717412067_09a43180a3

O Objetivo do estudo foi avaliar o efeito do Método Pilates sobre a flexibilidade e qualidade de vida dos participantes, propondo um protocolo de atendimento com o Método Pilates objetivando melhorar a flexibilidade, proporcionar o bem estar físico/mental e satisfação pessoal. Método: Foram selecionados vinte indivíduos de participação voluntária (ambos os sexos e idade mínima de 18 anos), sendo estes provenientes do sétimo e oitavo semestre do curso de Odontologia da Faculdade São Lucas (Porto Velho/RO). Todos os voluntários foram avaliados em relação à flexibilidade, qualidade de vida (Questionário de Qualidade de Vida SF-36) no início, após trinta dias e após sessenta dias e fizeram sessenta dias do Método Pilates com duração de uma hora por duas vezes na semana. Resultados: Após a realização do Método Pilates os voluntários apresentaram melhora na flexibilidade (medida em graus) de praticamente todos os movimentos avaliados no presente estudo (p<0,05), exceção feita à extensão de coluna torácica, a qual, embora tenha ocorrido um ganho, este não foi estatisticamente significante (p>0,05). Dos parâmetros relacionados com a qualidade de vida avaliados pelo SF-36 (A-Capacidade Funcional; B-Aspecto Físico; C-Dor; D-Estado geral de saúde; E-Vitalidade; F-Aspecto social; G-Aspecto emocional e H-Saúde emocional) somente os parâmetros Aspecto social e Aspecto emocional não apresentaram melhora ao final do período experimental (sessenta dias). Conclusões: O Método Pilates mostrou-se eficaz na melhora da flexibilidade e na qualidade de vida de estudantes de odontologia. Dessa forma esse método pode ser uma boa alternativa na prevenção de lesões de trabalho decorrente da profissão de cirurgião-dentista.

Fonte( Biblioteca digital da universidade Taubaté)

»
«

1 comentário

  1. Porto Alegre Dentista comentou:

    Esse metodo em estudo e muito importante para eficacia de metodos cirugicos. Mas muito dentista continuam ignorando.

    Obrigado


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>